Site brasileiro onde você pode comprar qualidade e entrega http://farmaciabrasilrx.com/ cialis barato em todo o mundo.

Clinica questoes 2010

PROVA DE CLÍNICA MÉDICA

CL 01. Paciente de 35 anos é admitido com queixa de tosse produtiva com escarro amarronzado
há cerca de 2 semanas. Refere febre esporádica nesse período e não medicada. Vem evoluindo
com dispneia progressiva nas últimas 48 horas. É portador de asma desde a infância, fazendo
somente controle com sintomáticos, sem outras patologias. Nega tabagismo ou uso de drogas
ilícitas. Radiografia da admissão mostra infiltrado alveolar difuso. Hemograma evidencia
eosinofilia de 1.200. Pesquisa de galactomananas séricas é negativa, porém pesquisa de
precipitinas e teste de sensibilidade cutânea para Aspergillus são positivos. Avaliação dos níveis
de IgE estão quatro vezes acima do valor normal. Qual a melhor conduta terapêutica neste
momento?
A) Predinisona
B) Voriconazol
C) Itraconazol
D) Albuterol
E) Caspofungina

CL 02
. Paciente de 65 anos, em terceira linha de quimioterapia para tumor esofágico é admitido
por síndrome confusional aguda com rebaixamento do nível de consciência. Após avaliação
sumária, são administrados 25g de glicose e hidratação isotônica endovenosos. Cerca de uma
hora depois o paciente está bem acordado, porém agitado e desorientado em tempo e espaço.
Nova avaliação evidencia ataxia importante e oftalmoplegia com nistagmo bilaterais. Qual a
melhor conduta neste momento?
A) Tiamina 50mg EV
B) Nova dose de glicose EV
C) Cianocobalamina (B12) 1000u EV
D) Insulina regular 10U EV
E) Flumazenil 0,5mg EV
CL 03 A presença de hipercalcemia associada à deficiência de 25-OH-vitamina D é mais
provável em qual das seguintes patologias?
A) Tuberculose
B) Sarcoidose
C) Hiperparatiroidismo
D) Histoplasmose
E) Hanseníase

CL
04. Qual o tipo de paraproteína é mais frequente no mieloma múltiplo?
A) IgA
B) IgE
C) IgG
D) IgM
E) Cadeias leves isoladas

CL
05. Paciente 56 anos portador de doença pulmonar obstrutiva crônica, internado para
quimioterapia por câncer de pulmão, apresenta palpitações e coração acelerado. Sua pressão
arterial está 100x60 mm de Hg e o pulso é de 160 bpm. Ele está alerta e cooperativo. Seu
eletrocardiograma prévio mostra síndrome de Wolff-Parkinson-White e agora há fibrilação atrial.
Qual das drogas abaixo é a melhor para tentar reversão do ritmo no paciente em questão?
A) Ibutilida
B) Amiodarona
C) Metoprolol
D) Verapamil
E) Digoxina

CL
06. Mulher de 40 anos comparece à consulta por artralgias, pirose, prurido e edema sem
cacifo nos membros. Nega dispnéia. Ao exame, observa-se espessamento difuso da pele com
áreas de hiperpigmentação e hipopigmentação, além da presença de fenômeno de Raynauld.
Quais as medicações mais adequadas na fase atual da doença dessa paciente?
A) Propranolol e metotrexate
B) Nifedipina e pantoprazol
C) Prednisona e ciclofosfamida
D) Prednisona e metotrexate
E) Pantoprazol e prednisona

CL
07. Homem de 46 anos portador de câncer de estômago há dois meses. Evolui há 15 dias
com quadro de anasarca. Exames complementares revelam: creatinina sérica: 1,0mg/dL,
albumina sérica: 2,3g/dL, C3 e C4 em níveis normais, sumário de urina com proteínas 4+, sem
hemácias e proteinúria de 24h: 12g. Qual o melhor diagnóstico?
A) Amiloidose AA
B) Nefropatia membranosa
C) Nefrite tubulo-intersticial
D) Glomeruloesclerose segmentar e focal
E) Glomerulonefrite membranoproliferativa tipo II

CL
08. Num paciente com intoxicação aguda e grave por propranolol, qual das medicações
abaixo é a mais adequada ao tratamento?
A) Atropina
B) Glucagon
C) Clonazepam
D) Cloreto de cálcio
E) Sulfato de Magnésio

CL
09. Sobre a úlcera péptica, marque a alternativa INCORRETA.
A) Resulta do desequilíbrio entre fatores protetores e agressores da mucosa
B) Mais de 50 % dos portadores de úlcera gástrica e mais de 90% dos portadores de úlcera
duodenal têm associação com infecção por H. pylori
C) O uso de AINE (anti-inflamatórios não esteroidais) está associado a muitos casos de úlcera
gástrica
D) Cerca de 75% dos pacientes com infecção por H. pylori terão, em alguma momento da vida, o
diagnóstico de úlcera péptica
E) O tratamento cirúrgico da doença ulcerosa péptica foi substituído nos últimos anos pela
abordagem clínica e medicamentosa

CL 10
.O P. carinii é o agente etiológico da pneumocistose, doença definidora de aids/SIDA.
Que medicamento NÃO é indicado para seu tratamento?
A) Sulfametoxazol+ TMP
B) Pentamidina
C) Clindamicina
D) Dapsona
E) Pirimetamin
CL 11. Em relação à dengue, é correto afirmar que:
A) a prova do laço é sempre positiva
B) leucopenia ocorre a partir do 6º dia de doença
C) é conhecida como febre quebra-ossos
D) o período de incubação é em média de 20 dias
E) a febre é sempre bifásica
CL 12. Atualmente, o Haiti vem enfrentando uma epidemia de cólera. Em relação a essa doença,
qual o tratamento mais recomendado?
A) Reposição hidroeletrolítica
B) Antibióticos
C) Aciclovir
D) Gamaglobulina
E) Corticóides
CL 13. Qual infecção nosocomial, dentre as seguintes, é considerada mais freqüente?
A) Infecção de sítio cirúrgico
B) Infecção urinária
C) Infecção gatrointestinal
D) Infecção de corrente sanguínea
E) Pneumonia
CL 14. Em relação à endocardite infecciosa, em que situação não é recomendada a profilaxia
pré-procedimento:
A) broncoscopia com broncoscópio rígido
B) escleroterapia de varizes esofágicas
C) histerectomia vaginal
D) cirurgia de trato biliar
E) cirurgia de próstata
CL 15. Paciente em tratamento ambulatorial para tuberculose pulmonar evolui com parestesias
em ambos os membros inferiores. Qual das drogas do esquema atual de tuberculose mais
provavelmente é a causa deste fenômeno?
A) Rifampicina
B) Isoniazina
C) Pirazinamida
D) Etambutol
E) Steptomicina
CL 16. Paciente de 50 anos com derrame pleural isolado em hemitórax direito é submetido a
toracocentese diagnóstica com os seguintes resultados:
Com base somente nos dados apresentados, qual a causa mais provável do referido derrame?
A) Insuficiência hepática
B) Metástase pleural
C) Insuficiência hepática
D) Pneumonia comunitária
E) Insuficiência cardíaca
CL 17. Paciente de 43 anos, sexo masculino, acompanhado por neoplasia de pulmão estágio I.
Relata fraqueza em membros inferiores há aproximadamente 12 horas. Exame neurológico
mostra ausência de força, tônus, reflexos tendinosos profundos e sensibilidade em ambas as
pernas. Há nível sensitivo bem definido na altura da cicatriz umbilical. Qual dos exames abaixo é
o mais apropriado para este caso?
B) Ressonância cervical C) Ressonância torácica
CL 18. Em crise de cefaleia em salvas, qual das medicações abaixo é a mais apropriada?
A) Ibuprofeno
B) Oxigênio
C) Cafeína
D) Ergotamina
E) Predinisona
CL 19. A que condição clínica abaixo está associada a dermatite herpetiforme?
A) Doença de Parkinson
B) Zoster
C) Doença celíaca
D) Varicela
E) Doença de Crohn
CL 20. “Pápulas com centro umbilicado, de 2 a 5 milímetros de diâmetro, inicialmente firmes;
podendo ser múltiplas ou única”. Tal descrição refere-se a lesão elementar de qual das seguintes
patologias?
A) Escabiose
B) Moslusco contagioso
C) Varicela
D) Penfigóide
E) Sarcoma de Kaposi
CL 21. Paciente de 36 anos, sexo feminino, recupera-se bem de pneumonia comunitária grave
complicada com sepse. Esteve internada na Unidade de Terapia Intensiva até 6 semanas atrás.
Em retorno ambulatorial queixa de importante perda capilar. Qual a causa mais provável desta
alopécia?
A) Alopécia areata
B) Eflúvio telógeno
C) Alopécia androgênica
D) Tricotilomania
E) Alopécia medicamentosa
CL 22. Considerando as recomendações da Organização Mundial de Saúde, que padrão de
aferição densitométrica óssea caracteriza a osteoporose?
A) Escore Z < -1,5 DP
B) Escore T < -1,5 DP
C) Escore Z < -2,5 DP
D) Escore T < -2,5 DP
E) Escore Z < 2 DP
CL 23. O uso prolongado de metformina pode estar associado à deficiência de qual das
substâncias abaixo?
A) 25-OH-vitamina D
B) Cálcio
C) Ferro
D) Vitamina B12
E) Zinco
CL 24. Paciente de 50 anos, previamente saudável, realiza exame de rotina que evidencia
contagem de plaquetas = 35.000, sem outras alterações. Diante de tal achado, qual a melhor
conduta?
A) Iniciar predinisona 1mg/kg
B) Realizar transfusão de 10U de plaquetas
C) Repetir hemograma
D) Desconsiderar exame
E) Repetir coleta com uso de citrato
CL 25. Durante avaliação de polineuropatia de um paciente, o hemograma evidencia VCM = 98
e o esfregaço periférico mostra “presença de macro-ovalócitos e neutrófilos hipersegmentados”.
A junção de tais achados é mais característica de qual doença abaixo?
A) Deficiência de folato
B) Deficiência de B12
C) Leucemia de células cabeludas
D) Leucemia mieloide aguda
E) Amiloidose
CL 26. Mulher de 65 anos é internada para mastectomia. É portadora hipertensão, em uso de
metoprolol e diabetes mellitus controlado com glimepirida. Fuma cerca de cinco cigarros por dia
há 10 anos. Não tem queixa de dispneia, nem dor torácica. Sua creatinina é 0,8 mg/dL. Qual a
melhor conduta pré-operatória?
A) Realizar espirometria
B) Providenciar angiografia coronariana
C) Solicitar cintilografia miocárdica de perfusão
D) Avaliar a função ventricular com ecocardiograma
E) Submetê-la a cirurgia sem medidas adicionais
CL 27. Num paciente com tamponamento cardíaco, qual dos dados abaixo NÃO está presente.
A) Pulso jugular com descendente x proeminente
B) Equalização de pressões no CATE
C) Alternância elétrica no ECG
D) Sinal de Kussmaul
E) Pulso paradoxal
CL 28. Paciente de 35 anos com história de astenia, febre não mensurada e perda de peso há 3
meses. Nega patologias prévias, tabagismo e etilismo. No exame físico, você observa PA
160x100 mmHg, livedo reticular, necrose de pontas de dedos nas mãos e pé caído à esquerda.
Exames mostram HbsAg positivo, ANCA negativo, C4 em níveis normais e hemograma normal.
RX de tórax é inocente e US abdominal mostra imagens sugestivas de infartos renais. O melhor
diagnóstico é:
A) poliangeíte microscópica
B) doença de Buerger
C) crioglobulinemia
D) poliarterite nodosa
E) granulomatose de Wegener
CL 29. Homem 35 anos evolui com náusea, vômitos e diarreia intensos após quimioterapia e é
internado. Seus exames iniciais mostram creatinina (Cr) de 0,4mg/dL, sódio (Na+) 150mEg/L e
bicarbonato (HCO -
3 ) 18mEq/L. Após melhora inicial, no terceiro dia de internamento passa a apresentar oligúria, soluços, dispneia e “tremores” nas mãos. Seus novos exames mostram Cr 3,0mg/dL, Na+ 140mEq/l e HCO - 3 10mEq/L. Sabendo que ele pesa 52 Kg e tem estatura de 1,64m qual o clearence de creatinina (ml/min/1,73m2) no terceiro dia? A) Menor que 10 B) Entre 10 e 20 C) Entre 20 e 30 D) Entre 30 e 50 E) Maior que 50 CL 30. Paciente em quimioterapia para linfoma de Hodgkin evolui com cálculo de cerca de
12mm em pelve renal. Estudo metabólico e de imagem sugere cálculos de ácido úrico. Qual das
terapias abaixo é mais adequada como primeira linha?
A) Pielolitotomia
B) Hidroclorotiazida
C) Ácido ascórbico
D) Citrato de potássio
E) Litotripsia extracorpórea
CL 31. Paciente entubado, em ventilação mecânica com pressão controlada, por exacerbação
grave de asma. Evolui apresentando hipotensão e assincronia com o ventilador. R-X não mostra
pneumotórax. Qual das intervenções na ventilação mecânica isoladamente poderá resolver a
provável causa?
A) Diminuir o fluxo inspiratório
B) Aumentar a frequência ventilatória
C) Diminuir o tempo inspiratório
D) Dobrar o valor atual da PEEP
E) Aumentar a pressão inspiratória
CL 32. Sobre o diagnóstico de depressão em pacientes com câncer, assinale o item correto:
A) O diagnóstico de depressão é raro, pois a maioria dos pacientes tem apenas transtornos de
B) Pelo meno 25% dos pacientes oncológicos convivem com critérios de diagnóstico de C) O uso de inibidores seletivos da recaptação da serotonina (ISRS) como a fluoxetina e a paroxetina deve ser evitado, dando preferência aos antidepressivos tricíclicos D) Não comunicar o diagnóstico de câncer ao paciente diminui a incidência de depressão E) O tratamento da depressão associada ao câncer não traz impacto na qualidade de vida do
CL 33. Sobre a incidência e mortalidade das neoplasias no Brasil, excetuando-se o câncer de
pele não-melanoma, assinale a resposta correta:
A) O câncer de colo do útero, associado ao Vírus do Papiloma Humano (HPV), é a neoplasia
B) O câncer de pulmão é a neoplasia mais incidente entre os homens e a neoplasia que tem maior C) O câncer de mama é a neoplasia mais incidente entre as mulheres e, ao contrário do que ocorre nos EUA e no Reino Unido, tem a mortalidade ainda em crescimento no Brasil D) Câncer de próstata, estômago, colorretal e pulmão, nesta ordem, são as neoplasias mais E) Câncer de estômago é a neoplasia de maior mortalidade entre as mulheres
CL 34. Sobre marcadores tumorais, assinale a opção INCORRETA.
A) São substâncias (hormônios, antígenos, enzimas ou proteínas) que podem ser medidos no
sangue ou fluido corporal cuja quantificação crescente ou declinante pode se associar a atividade
da doença
B) Podem ser utilizados para confirmação diagnóstica de alguns tumores
C) Uma vez diagnosticado o câncer, a elevação do marcador tumoral pode auxiliar na
monitorização da resposta ao tratamento
D) Apesar de controvérsia na literatura, o PSA é utilizado como exame de rastreamento para o
Câncer na Próstata
E) Devem ser considerados no contexto deoutros exames para avaliação da eficácia do
tartaemento.
CL 35. Sobre o acompanhamento a longo prazo dos pacientes com câncer, assinale a resposta
correta:
A) Pacientes tratadas com câncer de mama localizado devem ser acompanhadas com exames a
cada 3 meses (cintilografia óssea, ultrassonografias abdome e raios-x de tórax), pois o
diagnóstico precoce da recidiva assintomática tem impacto na sobrevida
B) Uma sobrevida livre de recorrência de 5 anos é equivalente à cura definitiva
C) A rotina de acompanhamento de pacientes com câncer colorretal localizado após o tratamento
visa à detecção precoce de recidiva assintomática e pode significar maiores chances de sobrevida
D) Exames de acompanhamento para todos os pacientes que se tratam de tumores localizados
devem ser solicitados apenas na presença de sintomas
E) Pacientes que trataram tumores prévios têm menores probabilidades de apresentarem uma
segunda neoplasia, pois o tratamento instituído (quimio e radioterapia) diminui a incidència de
outros tumores
CL 360. São características da síndrome de miastenia de Lambert-Eaton :
A) Anticorpos anti-canais de Cálcio do tipo P dependente de voltagem são encontrados no soro
B) Considerada a menos comum das síndromes neurológicas paraneoplásicas C) Está associada com defeito na liberação dos neurotransmissores (acetilcolina) dos neurônios pós-sinápticos na junção neuromuscular D) Afeta 10-20% dos pacientes com câncer de pulmão de pequenas células
E) N.R.A.
CL 37. Sobre a doença inflamatória intestinal, assinale o correto:
A) A doença de Crohn (DC) acomete sobretudo as camadas superficiais da mucosa enquanto a
retocolite ulcerativa (RCU) se estende a todas as camadas da parede intestinal
B) As manifestações extraintestinais são bem mais frequentes na RCU, enquanto são mínimas ou
inexistentes na DC
C) A incidência de neoplasias intestinais está mais frequentemente associada à RCU do que à DC
D) Predominante colorretal, a DC raramente compromete outros segmentos do trato digestório
E) Alterações orificiais como fístulas anoretais são mais frequentes na retocolite ulcerativa
CL 38. Em relação à doença do refluxo gastroesofágico (DRGE), marque a alternativa
INCORRETA:
A) O refluxo do conteúdo gastroesofágico pode ocorrer fisiológicamente em pessoas sadias.
B) É considerado DRGE, sob ponto de vista fisiopatológico, a existência do contato prolongado
do conteúdo gástrico e/ou lesão no epitélio esofágico.
C) A infecção através da bactéria Helicobacter pylori contribui para alterações no relaxamento
do Enfincter Esofagiano Inferior (EEI) e na sintomatologia da DRGE.
D) Ato de azia e prova terapêutica com antiácidos ou drogas supressoras da acidez gástrica é
suficiente para o diagnóstico de DRGE.
E) O esôfago de Barret é umas das complicações da DRGE, ocorrendo entre 10-15% dos
pacientes, elevando o risco de 30-125 vezes no surgimento de adenocarcinoma de esôfago.

CL 39
. Sobre a abordagem do paciente com síndrome diarréica, é correto afirmar.
A) A diarréia é um importante sintoma apresentado nos pacientes portadores de tumores
endócrinos, sendo os principais os tumores carcinóides, vipomas, adenomas vilosos e carcinomas medulares de tireóide B) Gastroenterite viral, giardíase ou doença celíaca podem causar, secundariamente, deficiência C) Medicamentos antiinflamatórios (sulfassalazina e corticóides) são os tratamentos de primeira escolha na diarréia secundária à enterite por radiação nos tratamento oncológicos D) O exame de pesquisa de gordura fecal não participa atualmente do arsenal diagnóstico da avaliação inicial das síndromes de má-absorção E) Na gastroenterite eosinofílica, a diarréia ocorre em até 30-60% dos pacientes; contudo, a eosinofilia periférica ocorre em apenas 10-15% dos pacientes
CL 40. Paciente 25 anos, sexo masculino, há dois meses com diarreia de pequeno volume
associada a episódios sanguinolentos. Ao ser admitido no Serviço de Gastroenterologia, recebeu
o diagnóstico de retocolite ulcerativa (RCU). Sobre o caso e a patologia em questão, marque a
alternativa correta:
A) Esta faixa etária não condiz com o pico de surgimento das doenças inflamatórias intestinais,
sendo rara em indivíduos entre 15-25 anos e o principal pico ocorre entre os 55-65 anos.
B) O acometimento da mucosa e sub-mucosa é mais comum, sendo o acometimento da camada
muscular presente apenas nos casos mais graves.
C) A presença de úlceras aftosas e úlceras em íleo terminal à endoscopia são comuns nesta
patologia.
D) Em pacientes com colite inicial leve, a primeira opção terapêutica é a prednisona oral; em
casos dos não-respondedores e doença mais ativa a opção são os aminossalicilatos.
E) Nos casos graves de pancolite por RCU é indicado repouso na cama, reidratação vigorosa e
o uso de anticolinérgicos e antidiarréicos como tentativa de diminuir a perda volêmica, sendo
contra-indicado o uso de corticóides intravenosos ou retais.
CL 41. Durante o plantão no Setor de Emergência, o médico plantonista apresentou exposição
acidental à objeto pérfuro-cortante e está preocupado em relação a contaminação com a hepatite
C. Sobre tal patologia, considere as seguintes afirmativas:
I - O uso de drogas injetáveis é considerado a principal fonte de contaminação nos casos novos
II - O uso de imunoglobulina está recomendada após a exposição acidental como protocolo de III - A transmissão sexual é comum e com baixas taxas de transmissão entre parceiros sexuais IV - A complicação mais temida,bastante comum, é a hepatite fulminante. V - O anti-HCV através do imunoensaio enzimático pode ocasionalmente gerar resultados falso- positivos. O teste através do ensaio immunoblot recombinante (RIBA) e a dosagem de RNA viral são importantes para definir o diagnóstico Estão corretas apenas as afirmativas:
A) II, III e IV
B) I, III e V
C) I, III e IV
D) I e V
E) II e V
CL 42. Sobre as complicações clínicas nos pacientes portadores de cirrose hepática, é correto
A) Na prevenção de sangramentos varicosos, o uso de b-bloqueadores está indicado na profilaxia secundaria e na profilaxia primária em pacientes com varizes de fino calibre. Eles não reduzem os riscos de sangramento na gastropatia congestiva e varizes gástricas associadas a hipertensão portal B) A presença de toxemia, febre ou descompensação por nova encefalopatia em paciente cirrótico, é mandatório a suspeita de peritonite bacteriana espontânea. Se líquido ascitico apresentar contagem (absoluta) superior de 250/mm3 de polimorfonucleraes , está autorizado o tratamento clínico específico C) Apesar do prognóstico sombrio da síndrome hepatorrenal, a recuperação espontânea da função renal é comum. O tratamento mais efetivo é o tratamento dialítico precoce e seguido de transplante duplo (fígado-rim) D) A melhora da dispnéia em posição ortostática (ortodeoxia) em pacientes portadores de síndrome hepatopulmonar é um dos achados de exame físico que caracterizam a doença E) Na suspeita de sangramento varicoso, mesmo sem o diagnóstico firmado pela endoscopia digestiva alta, pode-se iniciar tratamento farmacoterápico com octreotide ou vasopressina, sendo este último com menor taxa de efeitos colaterais hemodinâmicos sistêmicos, porém pouco disponível nos serviços hospitalares.
CL 43. Sobre pancreatite crônica, é verdadeiro afirmar.
A) Nos continentes da Ásia e África, a desnutrição é uma causa importante de pancreatite
B) O pâncreas divisum pode levar a um subtipo de pancreatite crônica chamada pancreatite C) A demonstração de calcificações salpicadas no território pancreático em radiografia simples de abdômen é diagnóstica de pancreatite crônica, com alta taxa de sensibilidade (70-80%), porém com baixa especificidade D) A tomografia Computadorizada é considerada comumente o exame diagnóstico mais sensível e específico para pancreatite crônica, semelhante ao ultrassom endoscópico E) O controle da dor consiste em analgesia, abstinência alcoólica e bloqueio do plexo celíaco. O uso de enzimas pancreáticas não tem benefício no controle da dor, e sim no controle da esteatorréia pancreática
CL 44. Sobre o rastreamento para o câncer, marque a alternativa correta:
I. Para o câncer da mama, o auto-exame sozinho, não reduz mortalidade. II. A mamografia, a cada 1 a 2 anos diminui a mortalidade em mulheres com idade superior a III. No câncer do colo uterino, uma série de estudos indica que o exame preventivo (Papanicolau) pode reduzir a mortalidade. IV. Com relação ao câncer do pulmão, não existe a recomendação formal para o rastreio com A) todas (I,II,III e IV) B) apenas II, II e IV C) apenas I e IV D) apenas I, II e III E) apenas I, II e IV CL 45. Sobre a prevenção do câncer:
I. O tabagismo é responsável por 30% das mortes por câncer nos Estados Unidos e é a maior causa evitável de morbidade por câncer. II. O tabagismo está associado a maior risco, principalmente, para o câncer de pulmão, cabeça e pescoço, esôfago, bexiga, rim e câncer de pâncreas. III. Existe uma relação dose-resposta clara da intensidade (número de cigarros por dia) e tempo IV. Parar de fumar pode reduzir risco de câncer de pulmão em 30 a 50% (após 10 anos sem fumar), risco de câncer de boca e de esôfago em 50% (após 5 anos sem fumar). A) todas (I,II,III e IV) B) apenas II, II e IV C) apenas I e IV D) apenas I, II e III E) apenas I, II e IV
CL 46. Sobre o câncer de colo uterino, marque a correta:
A) Estudos randomizados de vacinas contra HPV (do inglês Human Papilomavirus) têm
demonstrado redução na incidência de infecções por HPV e neoplasia intra-epitelial cervical. B) A prevalência de câncer do colo uterino invasivo é muito maior nos países desenvolvidos, onde os cuidados de saúde são muito caros. C) O câncer do colo uterino é uma causa pouco comum de morte por doença maligna ginecológica em todo o mundo, tendo em vista ser possível sua detecção precoce. D) O câncer cervicalnão é precedido por uma fase de neoplasia não-invasiva, sendo seu desenvolvimento muito rápido, dificultando o diagnóstico precoce. E) Não se espera diminuição na mortalidade mundial por câncer do colo uterino por meio de
CL 47. Com relação ao tratamento analgésico dos pacientes oncológicos, assinale o item correto:
A) A analgesia deve seguir o modelo da escada analgésica pproposto pela OMS com ajuste
considerando a progressão de medicamentos de menor potência inicialmente, para remédios mais fortes caso os primeiros não funcionem. B) O uso de opióides, sobretudo os opióides fortes como morfina e metadona, deve ser evitado nos pacientes oncológicos em função do alto risco de tolerência e dependência associados a esta classe de medicamentos C) Deve-se priorizar o uso de antiinflamatórios não esteroidais (AINES), sobretudo para D) Drogas de classes diversas como anticonvulsivantes e antidepressivos podem ser utilizados como adjuvantes para analgesia, assim pode-se evitar o uso de opióides considerado sempre indesejável; E) O uso de fentanila subcutânea deve ser indicado caso haja intolerância a opióides fortes orais
CL 48.Sobre as emergências oncológicas, considere as seguintes afirmativas:
A neutropenia febril é definida como episódio febril (temperatura axilar > 38,5oC em uma mensuração ou > 38,0oC por 1 hora) acompanhado de contagem periférica de neutrófilos abaixo de 500 células por mm3 ; II. Casos de síndrome de compressão medular devem receber tratamento precoce com radioterapia ou cirurgia seguido de radioterapia, pois o prognóstico neurológico pode piorar rapidamente; A síndrome de lise tumoral é característica de neoplasias de alto turnover celular e grande volume de doença como tumores de células germinativas e leucemias agudas; IV. A hipercalcemia pode resultar da atividade lítica das lesões metastáticas para os ossos, mas também de fatores endócrinos e parácrinos como em alguns tumores hematológicos; A) Todas (I,II,III e IV) B) Apenas I, II e III C) Apenas I, III e IV D) Apenas II e IV E) Apenas II e III CL 49. Todas as alternativa abaixo podem estar associadas a câncer de cólon, EXCETO:
A) síndrome de Lynch
B) síndrome de Von- Hippel-Lindau
C) síndrome de Cowdens
D) polipose adenomatosa familiar
E) síndrome de Peutz-Jeghers
CL 50. Sobre a epidemiologia do câncer e seus agentes causadores, assinale o INCORRETO.
A) O tabagismo é a maior causa evitável de mortes por câncer
B) Hábitos nutricionais e dietéticos como a ingestão de alimentos embutidos (salames, linguiças
e frios) ricos em nitritos e nitratos podem levar a maior incidência de alguns tumores
C) A reposição de vitaminas anti-oxidantes (C, E e A) em pacientes tabagistas diminui a
incidência de câncer de pulmão nesta população
D) O uso de estratégias farmacológicas (bupropiona, adesivos com nicotina) ou comportamnetais
(terapia de grupo, psicoterapia comportamental) pode ter bons resultados na cessação do
tabagismo
E) Apenas a exposição a radiação ultravioleta do tipo A é associada a incidência do câncer de
pele

Source: http://www.hospcancer-icc.org.br/2009/painel/fotos/fck_upload/clinica_medica.pdf

www2.canterbury.nsw.gov.au

COUNCIL MEETING 18 APRIL 2013 MULTICULTURAL ADVISORY COMMITTEE MINUTES OF THE MULTICULTURAL ADVISORY COMMITTEE MEETING HELD IN THE FUNCTION ROOM AT CANTERBURY CITY COUNCIL, 137 BEAMISH STREET, CAMPSIE ON 6 MARCH 2013 AT 6.30 P.M. PRESENT Cr Karl Saleh (Chairperson), Cr Linda Eisler, Mr Andy Sammut, Ms Lisa Giacomelli, Ms Joanna Stobinski, Ms Roberta Chavez, Mr Tung Va

davjournal.org

ISSN: 2277-5536 (Print); 2277-5641 (Online) BACTERIAL PROFILE AND ANTIBIOTIC RESISTANCE PATTERN OF URINARY TRACT INFECTIONS Barate D. L. and Ukesh C.S. Department of Microbiology, Shri Shivaji College of Arts, Commerce and Science, Akola-444001 M.S., India ABSTRACT Urinary tract infections remain a major medical problem occurring frequently and worldwide. Urinary tract inf

Copyright © 2010-2014 Articles Finder